transportar o concreto

NBR 12655: quais os cuidados na hora de transportar o concreto?

O gerenciamento de projetos é uma etapa fundamental para a boa condução das obras em construção civil. No entanto, esse trabalho é ainda mais desafiador, uma vez que todos os canteiros de obras devem seguir diretrizes básicas para garantir a segurança dos colaboradores e evitar prejuízos, desgastes e agressões à natureza.

É aí que entra toda a questão em torno da NBR 12655, que chega reformulada desde o ano de 2015. Trata-se de uma Norma Brasileira que difunde, entre outras ideias, os cuidados que os profissionais em construção civil devem ter ao transportar o concreto.

Quer saber se a sua empresa está alinhada às exigências da NBR 12655? Siga com a leitura e aprenda algumas dicas para qualificar o transporte de concreto no seu canteiro de obras!

O que é a NBR 12655?

Uma vez que toda empresa deve ter cuidado no manuseio de materiais, a NBR 12655 é um reforço a esses aspectos. Como havíamos mencionado, a nova versão da Norma Brasileira data de 2015, mas sua primeira versão é de 1996, quando a NBR 12655 ajudou a transformar o setor de construção civil no país.

Com ela, os profissionais passaram a seguir algumas normas, requisitos e diretrizes exclusivamente focados no preparo, na composição do material e no controle tecnológico de quem lida corriqueiramente com o concreto — seja ele fresco ou endurecido. Inclusive, algumas normas apontam os critérios usados para aceitar (ou não) determinados tipos de concreto em um projeto de construção. Ou seja: a NBR 12655 pode ser considerada uma ferramenta de grande valor para a boa execução e até mesmo a redução de custos exorbitantes em uma obra!

Qual é a sua importância para o setor?

Uma vez que os dados contidos na NBR 12655 promovem ideias sólidas a respeito do manuseio do concreto, o cumprimento de suas normas facilita o trabalho do engenheiro civil responsável e, ainda, contribui para que toda a equipe preste um serviço de qualidade. Para que você entenda especificamente em quais pontos a NBR 12655 participou ativamente dessas transformações do mercado, separamos os principais pontos que conferem a sua transportar o concretoimportância, que são:

  • compatibilidade atual com outras normas. Casos da NBR 6118, por exemplo, e da NBR 14931;
  • aprofundamento das tabelas relativas aos sulfetos e sulfatos;
  • requisitos de durabilidade foram revistos. Agora, também consta na NBR 12655 os cuidados relativos ao cuidado em transportar o concreto e realizar obras em regiões nas quais as áreas estão à mercê da ação de águas mais agressivas;
  • avaliação mais refinada sobre o aceitamento do concreto antes de sua utilização no canteiro de obras.

Com essas revisões, inclusões e novas avaliações, a NBR 12655 recebeu uma atenção mais dedicada. Especialmente, em um assunto de profunda relevância para a construção civil no Brasil.

Afinal de contas, o país é um grande apreciador do concreto, e utiliza-o em boa parte de suas obras. Diferentemente de outros países, que já exploram outras possibilidades com mais afinco.

Aproximação com avanços tecnológicos

Vale destacar, ainda, que a revitalização sofrida na NBR 12655 busca uma aproximação maior com esses avanços tecnológicos que já acontecem em outros lugares. O que demonstra a atenção geral, do mercado, em alinhar-se a essas transformações. Como resultado, as empresas são beneficiadas, o consumidor final é impactado positivamente e o setor, como um todo, só tende a se qualificar ainda mais.

E os cuidados essenciais para o transporte de concreto?

Agora que já vimos as mudanças previstas na NBR 12655 desde 2015, vamos avaliar algumas boas práticas que podem evitar o acúmulo de resíduos na obra por meio do manuseio correto e do transporte de concreto. Entre as principais questões que merecem a sua atenção, destacamos as seguintes:

Transporte do concreto

A seguir, algumas condições a serem observadas:

  • avalie sempre o peso do concreto que, diante de um descuido do motorista, pode dificultar o processo de frenagem, colocando o motorista e as pessoas ao redor em risco;
  • o planejamento de rota até o canteiro de obras é essencial. Especialmente para evitar subidas íngremes, o que prejudica a performance do caminhão e pode acarretar em resíduo derramado nas vias públicas;
  • caso isso não possa ser evitado, convém reduzir o volume do caminhão ou transportar o concreto em um estado mais seco, para que o produto não se derrame pelo caminho;
  • importante avaliar que o mínimo que um caminhão deve carregar é a quantidade de 3 m³, o que permite a homogeneização da mistura do concreto.

Vale destacar que ainda há outras questões a serem analisadas!

Tempo

O tempo é um grande aliado — e vilão, ao mesmo tempo — de quem vive correndo atrás do cronograma, como ocorre na construção civil. Quando falamos no transporte de concreto, inclusive, é importante observar que o prazo máximo para o trajeto deve ser concluído em até duas horas e meia — o que está previsto nas normas regulatórias do país. Nessas situações, os profissionais devem estar cientes que extrapolar esse prazo demanda atenção no uso de aditivos que ajudem a retardar o processo de endurecimento do concreto.

Limpeza

Por fim, convém observar que, na NBR 12655 e nas normas regulatórias sobre o concreto em geral, o transporte deve ser feito de maneira uniforme. Por exemplo: entregas que exigiram o uso de materiais especiais, como fibras ou isopor, devem ter o lastro do caminhão limpo após a entrega — se a entrega seguinte diferir desses produtos utilizados.

No mais, entre uma entrega e outra, a logística permite que o tempo seja otimizado e o caminhão preenchido novamente sem problemas. Além da qualidade na obra, o cumprimento desse tipo de trabalho está sob a responsabilidade da equipe de manutenção. Caso não esteja de acordo, todos os envolvidos podem ser prejudicados — inclusive o consumidor final, que perde em qualidade no empreendimento.

Quer dar um passo maior agora, para atestar a qualidade no seu canteiro de obras e o alinhamento à NBR 12655? Compartilhe este post nas suas redes sociais — e certifique-se de marcar os colegas de trabalho que farão bom uso dessas informações!

Este post foi escrito por Noventa TI