Tabela Sinapi

Tabela Sinapi: como calcular os preços?

Na Construção Civil, é comum que os profissionais do setor busquem pelas mais diversas fontes de informação, para obter dados precisos para consultar e criar parâmetros de custos para todas as etapas produtivas de uma obra. Consequentemente, isso ajuda a gerar vantagem competitiva e também a deixar o orçamento mais preciso e imune a imprevistos. Nesse sentido, muitos usam a tabela Sinapi (sigla para Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil). Essa tabela nada mais é do que um sistema de pesquisa cujos dados relativos a custos e índices gerais do mercado são atualizados mensalmente pela Caixa Econômica Federal e pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Quer saber um pouco mais a respeito da tabela Sinapi e como ela pode ser o diferencial em sua empresa? Então, confira este post!

O que é a tabela Sinapi?

Conhecida como Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil Sinapi, essa ferramenta é mantida e sustentada pela Administração Pública Federal (ou outras empresas que façam uso de verba federal) para apontar valores relativos aos insumos e serviços comumente utilizados na Construção Civil. A parte técnica de engenharia e o processamento de dados são mantidos pela Caixa Econômica Federal, o que inclui:

  • A especificação dos insumos;
  • As composições de cada serviço;
  • Os projetos referenciais.

Ao IBGE, compete a responsabilidade de realizar a pesquisa cuja atualização mensal indicará os respectivos preços, além de também apontar a metodologia da formação dos índices usados. A importância da tabela Sinapi se dá pelo fato de que, desde 2003, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) determina a obrigatoriedade da consulta referência dos valores explicitados na tabela SINAPI. Com ela, é possível existir a razoabilidade nos valores praticados em obras públicas construídas por meio de recursos federais.

Como funciona a tabela Sinapi?

Como mencionamos, a tabela Sinapi é atualizada mensalmente a partir da atualização feita pelo IBGE, que confere os valores relativos aos preços de materiais e equipamentos, além dos salários praticados em cada categoria, em todas as capitais do País. Assim, todos os meses são publicadas informações que podem ajudar a gerenciar a obra com mais qualidade nos preços praticados a partir dos seguintes dados:

  • Relatórios de Preços de Insumos e Custos de Serviços;
  • Custos de Projetos (sejam eles comerciais, residenciais e também a respeito de equipamentos comunitários, emprego e renda, além de saneamento básico);
  • Conjuntura (o que se traduz na evolução dos custos e nos indicadores da Construção Civil);
  • Consulta pública: composições que permitem a análise de insumos utilizados, bem como da quantidade ideal para cada unidade de produção.

Nesse último ponto, vale a pena avaliar o quanto esses dados podem ser essenciais para quem está em dúvida sobre como elaborar a composição de preços unitários em suas obras e futuros projetos. A seguir, falaremos um pouco mais sobre cada um desses dados atualizados mensalmente!

Relatórios de Insumos e Composições

Antecipamos que os preços de insumos e custos de composições do Sinapi são segmentados por Daca capital do País, uma vez que existem diversas diferenciações nos valores praticados. Essa lista abrange uma série de itens necessários para pensar na elaboração de um orçamento, como o custo de mão de obra e também dos equipamentos que você pode necessitar em suas obras. Nesses arquivos (disponibilizados em PDF), encontram-se não apenas os valores, mas também os dados referentes aos encargos sociais (tanto os desonerados quanto os não desonerados).

Insumos

No Banco Nacional do SINAPI, constam todos os dados que dizem respeito a cada tipo de insumo. Isso inclui:

  • Seu respectivo código;
  • Sua descrição;
  • O preço;
  • A localidade;
  • Origem do preço.

É importante perceber que esse ponto da tabela Sinapi está em constante atualização pela Caixa e pelo IBGE, buscando trazer as informações mais precisas possíveis. Além disso, são continuamente trabalhadas as descrições, como a criação e desativação de insumos que se tornaram obsoletos ou deixaram de ser utilizados.

Composições

Aqui, cabe à Caixa Econômica Federal a manutenção permanente das composições do Banco Referencial, cuja principal finalidade é adequá-las às práticas de engenharia. Isso significa que são apresentados os itens mais considerados na realização de cada tipo de serviço, na Construção Civil, além de suas características e os principais critérios para quantificar os serviços.

Orçamentos de referência

Para facilitar ainda mais a elaboração de orçamentos eficientes e mais próximos da estimativa inicial, a tabela Sinapi também disponibiliza alguns orçamentos de referência. Eles são feitos exclusivamente a partir de projetos hipotéticos, para serem usados para análise e compreensão dos orçamentistas e gestores.

Existe uma ampla relação de projetos, o que permite também uma visualização mais ampla de como a tabela Sinapi pode ser aplicada como referencial, além de ajudar aos profissionais que encontraram obstáculos diversos ao criarem os seus próprios orçamentos. Vale perceber que esses orçamentos de referência também são atualizados constantemente, permitindo aos profissionais o uso contínuo desses arquivos, para obterem dados mais precisos e de acordo com a realidade praticada no mercado. Dessa maneira, a tabela Sinapi não deve esconder nenhum outro segredo de você, profissional de Construção Civil, que procurava saber como utilizar esse exclusivo sistema de consulta para auxiliar na elaboração de orçamentos e análise de custos e todas as etapas produtivas de uma obra.

Procure saber mais a respeito da tabela Sinapi

Deu para compreender a fundo algumas das principais funções e características da tabela Sinapi e como ela pode servir como um importante parâmetro de comparação para criar um projeto mais coeso e alinhado às tendências do mercado? Recomendamos que você acesse o site do Sinapi para obter qualquer informação adicional a respeito desse tipo de ferramenta.

Está em busca de outras soluções para otimizar o tempo produtivo em sua empresa com o uso de sistemas de gestão e outras tecnologias que possam ser personalizadas de acordo com as suas principais necessidades e objetivos? Não hesite em entrar em contato com a gente!

Este post foi escrito por Noventa TI