Ícone do site 90 TI

Conheça os 8 KPIs mais importantes para a construção civil

KPIs

Os KPIs na construção civil são ferramentas fundamentais para fazer com que todos os processos funcionem de forma eficiente e resultem no cumprimento do planejamento. Leia este conteúdo e descubra quais são os principais indicadores de desempenho para o seu projeto!

Se um processo não pode ser medido, como ter a certeza de que ele é eficiente? Pois é. Justamente por esse questionamento que existem os KPIs.

No fim, o gestor que não conhece com afinco o andamento de um projeto e todas as suas possíveis variáveis, dificilmente conseguirá antecipar erros e cumprir os prazos propostos.

Então, para que isso não aconteça com você, veja neste artigo quais são os KPIs mais importantes da construção civil, como defini-los e por que eles são tão importantes para o sucesso da sua obra!

O que são KPIs? 

Key Performance Indicator (Indicadores-chave de performance) ou apenas KPI, é uma metodologia muito famosa utilizada para que o gestor consiga definir e monitorar os principais pontos de resultados de um determinado projeto.

Vale dizer que os KPIs têm caráter quantitativo. Isto é, não estão relacionados a qualquer interpretação subjetiva acerca de um trabalho (qualitativo).

No fim, só o que pode ser mensurado pode ser melhorado. Alguns exemplos são:

Qual a importância do uso de KPIs na construção civil?

Definir e medir os indicadores de desempenho tem impacto em diferentes níveis de uma empresa de construção civil, desde o campo operacional e tático até o estratégico.

Os KPI são capazes de “mostrar” os trabalhos que podem ser melhorados. Ou seja, quais departamentos e profissionais estão trabalhando bem, mal ou de acordo com o esperado.

Além disso, facilita também a visualização e análise desses dados, ainda mais com o apoio de um ERP para construção civil.

 

Como definir os melhores KPIs para minha gestão de obras?

Temos aqui a pergunta de 1 milhão de dólares. É claro que existem elementos em comum quando falamos dessas ferramentas, contudo, cada projeto possui o seu nível de complexidade, pontos de deficiência e elementos fortes.

Ainda assim, pontos elementares para definir os KPIs da sua gestão de obras são:

Os 8 principais KPIs para a construção civil

Você já viu a teoria por trás dos KPIs, mas, partindo para a parte prática, quais são os principais e como eles funcionam?

Veja abaixo!

1 – Atividades planejadas X concluídas

A administração da obra é essencial para que os processos funcionem e as atividades planejadas sejam concluídas em tempo.

A relação entre o número de atividades planejadas e as que foram concluídas são um KPI básico para saber como está o andamento do projeto e qual deve ser seu ritmo ideal.

2 – Inspeções

A realização de inspeções regulares durante a obra garante a qualidade do projeto.

Então, a tenha como indicador para saber quantas inspeções foram executadas, quais são os resultados delas e se a obra atende o nível técnico exigido.

3 – Desperdício de matéria-prima

Matéria-prima desperdiçada em excesso tem como resultado o aumento do custo total da obra e, consequentemente, a diminuição de lucro do projeto.

Esse KPI ajuda a ter controle sobre esse ponto e traz benefícios financeiros.

4 – Falhas e retrabalhos

Quais tarefas levam mais tempo até serem concluídas? Por que isso ocorre? Quais são os principais setores onde as falhas acontecem?

Ter essas perguntas respondidas ajuda a criar metas de diminuição de retrabalhos e focar em um processo de melhoria contínua.

Por conta dos erros serem comuns em obras, o ideal é que as metas sejam razoáveis e as falhas operacionais sejam medidas de acordo com a sua gravidade. No fim é como dizem: “errar rápido é errar barato”.

5 – Tempo para a correção dos retrabalhos

Os trabalhos irão ocorrer naturalmente, lembra-se? Logo, é preciso criar também um KPI para a sua correção.

Após mapear quais erros acontecem com maior frequência e são “inevitáveis”, em certos casos, calcule o tempo médio de correção para eles e inclua no planejamento da obra.

Aplicar esse indicador de performance evita atrasos e você passa a lidar com planejamentos mais realistas. Nessa hora, utilizar um software de manutenção pode ser uma boa ideia.

6 – Taxa de acidente de trabalho

A segurança dos funcionários da obra também precisa ser levada em consideração.

Use esse KPI para acompanhar quantos acidentes foram registrados durante a execução do projeto e o que pode ser feito para zerar essa taxa.

7 – Afastamentos 

A atividade laboral também pode acabar resultando no afastamento dos operários da obra. Sendo assim, é muito importante estar atento a este tópico.

8 – Geração de resíduos por metro quadrado de obra

Sustentabilidade na construção civil é um tema que está em alta. Inclusive, existem incentivos fiscais do governo para as chamadas “construções verdes”.

Aqui, seu projeto pode ser moderno, eficiente, causar impacto positivo no meio ambiente e ainda ter custos reduzidos.

KPIS são determinantes para o sucesso do seu projeto

Assim como você pôde conferir ao longo deste conteúdo, mapear os pontos-chave do projeto, definir métricas e maneiras de mensurá-las é fundamental não só para saber o que está errado, mas, principalmente, qual é o caminho ideal para chegar aos objetivos propostos no planejamento.

Por fim, lembre-se: os KPIs devem ser definidos e priorizados sempre levando em consideração o impacto que eles causam no seu negócio – seja positivo ou negativo.

Continue se atualizando! Confira outros conteúdos exclusivos no Blog da 90 TI e destaque-se no mercado!

 

Sair da versão mobile