• R. Andaluzita, 131 - Carmo, Belo Horizonte - MG, 30310-030
  • +55 0800 940 0690

Scrum: O que é e os seus papéis dentro da organização

Alcançar bons resultados no gerenciamento de projetos, mantendo-os dentro do tempo e dos custos pré-determinados é, com certeza, um desafio para qualquer profissional. Para ajudar o gerenciamento de projetos de qualquer área ou setor, temos o Scrum.

Mas você sabe o que é Scrum e como utilizar essa ferramenta de gerenciamento de projetos na prática? Scrum é um framework de processo ágil, utilizado para gerenciar e controlar o desenvolvimento de um produto de software por meio de práticas iterativas e incrementais. É composto por um conjunto de boas práticas de gestão que admite ajustes rápidos, acompanhamento e visibilidade constantes e planos realísticos.

O Scrum parte da premissa de que o conhecimento é empírico, em outras palavras, o conhecimento vem da experiência. Mas a experiência tem pouco valor se não houver uma metodologia para transformá-la efetivamente em entregas de valor para os públicos interno e externo da empresa, em melhorias constantes no produto ou serviço e em aprendizado contínuo.

Além do planejamento, o Scrum foca muito no acompanhamento constante do projeto. As reuniões são rápidas e frequentes, com a equipe se reunindo o tempo todo para trocar experiências e avaliar o que foi feito, bem como planejar as próximas atividades.

Mais do que isso, o Scrum bate bastante na tecla da transparência na gestão. Uma das regras mais importantes da metodologia é que todos no projeto saibam o que está sendo feito e que as atividades de cada ciclo sejam mostradas para toda a equipe de forma visual (no geral e diariamente).

No Scrum, essas etapas incrementadas são chamadas de Sprints. Um Sprint é planejado assim que o anterior é finalizado e todos têm o mesmo período de duração, normalmente 2 a 4 semanas, cada um focado em uma ou mais funcionalidades do projeto. Tais funcionalidades são listadas no product Backlog, organizadas por importância e definidas pelo Product Owner. Esses Sprints são realizados pelo Time Scrum, a equipe responsável pela execução e entrega das funcionalidades e, junto com o Product Owner e o Scrum Master, formam o Sprint Backlog, que reúne as funcionalidades que aquele Sprint deve realizar.

Qual a finalidade do Scrum dentro de uma organização?

Para Isabella Fonseca, proprietária da Totum, o Scrum é um framework que veio para revolucionar e evitar o desperdício nos processos de uma gestão de projetos. “Com o Scrum, posso usar o que tenho e modificar para algo melhor, porque ele é customizável e a cada Sprint (ciclo), consigo planejar, executar e controlar todas as partes do projeto. Em um ciclo de Sprint que pode acontecer a cada 15 dias, posso mudar, ampliar e diminuir o escopo.  A única certeza que temos é que as coisas vão mudar e com o Scrum consigo acompanhar essas mudanças, evitando erros e podendo entregar para o cliente o projeto no tempo certo”, relata Isabella Fonseca.

E foi para otimizar o dia-a-dia da área de TI dentro da 90Ti que o Scrum foi implantado, auxiliando na agilidade e melhor adaptação à mudança dentro do setor. Para Natália Meireles Rodrigues, da área de desenvolvimento da 90Ti, o Scrum melhorou a qualidade de trabalho e o espírito de equipe. “Se errei na execução de um sprint, consigo corrigir rápido, com menos pressão e mais previsibilidade. E o melhor? O trabalho é feito em equipe, um ajudando o outro na entrega do projeto”.

Outra área na qual o Scrum é utilizado na 90Ti – e foi um marco – é o financeiro da empresa. Com o framework, foi criado um quadro de processos em que todos que trabalham na área conseguem acompanhar visualmente todos os processos do setor, evitando desperdício.

“Existe o antes e o depois do Scrum dentro da nossa empresa e destaco três mudanças que foram essenciais no trabalho”, destaca Danielle Alpino, Diretora da 90Ti:

“A Entrega: consigo entregar o projeto no prazo, evitando o desperdício, através dos ciclos de Sprint.

A Equipe: dividimos os trabalhos para as duas equipes, evitando que o colaborador fique sobrecarregado.

O Tempo: Antes perdíamos muito tempo, realizando todo o escopo de um projeto e agora com os ciclos de Sprint, temos a flexibilidade de mudar o projeto, entregar por etapas e executar as partes essenciais, evitando desperdício de tempo e estresse no trabalho”.

Apesar do Scrum ter sido criado inicialmente se pensando em equipes de desenvolvimento de software, certamente você pode aproveitar os conceitos e práticas ágeis para dar mais dinamismo e velocidade a seus projetos, independente do setor ou área da empresa em que atue.

Mais do que um método ou modelo, o Scrum é uma mudança de paradigmas para os quais sua organização precisa se adaptar para poder obter os ganhos que ferramenta pode proporcionar.

Se inscreva na nossa newsletter!

Quer saber o que está acontecendo no mercado de tecnologia para o setor de engenharia? Se inscreva, manteremos você atualizado!

Preencha os dados abaixo:

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Quisque ipsum massa.

Nossos Redes Sociais

Copyright © 2020 – 90 Tecnologia